Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Brasileira presa na Tailândia por tráfico é condenada a 9 anos e 6 meses de prisão, diz advogada - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Brasileira presa na Tailândia por tráfico é condenada a 9 anos e 6 meses de prisão, diz advogada

A brasileira Mary Hellen Coelho, presa na Tailândia por tráfico internacional de drogas, foi condenada pela Justiça do país a nove anos e seis meses de prisão. A informação foi confirmada, na manhã desta quinta-feira (12), pela defesa da jovem, por meio de nota publicada nas redes sociais.

Segundo o comunicado da advogada Kaelly Cavoli Moreira, a pena foi dividida em dois anos por crime civil e sete anos e seis meses por crime penal. A profissional informou ainda que aguarda a cópia do processo para “estruturar os próximos passos”.

“Nós estamos na contramão de penas desumanas. Hoje, a minha alegria, em particular, é porque é uma pena considerada possível. Inclusive, pelo pedido de extradição”, comentou Kaelly em seu perfil.

Mary Hellen foi detida ao desembarcar no aeroporto de Bangcoc, a capital tailandesa, em fevereiro deste ano, com cocaína na mala. Outros dois brasileiros foram presos na mesma data no terminal.

Os três saíram de Curitiba, no sul do Brasil. Apenas um dos homens estava no voo de Mary Hellen, que é mineira. Os amigos e a família não sabem se eles se conheciam.

Perdão real

A defesa da brasileira  estuda agora pedir o “perdão real” ao rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, que está no trono no país asiático desde 2019. Segundo uma das advogadas da jovem, a condenação abre uma janela de oportunidades para recursos.

Uma das possibilidades, segundo os advogados da jovem, é a pena dela ser perdoada durante as comemorações de aniversário do rei, previstas para 28 de julho, já que ele costuma abrir exceções para alguns crimes.

“Nós estamos muito próximos do aniversário do rei na Tailândia, então nós vamos pedir, o próximo passo assim que acessada essa sentença nós vamos pedir o perdão real para a Mary Hellen e veremos todas as possibilidades de pedidos a serem feitos a partir da sentença”, disse Kaelly.

“Entre o que nós tivemos é uma boa pena, inclusive que está dentro da legislação brasileira que vai de 5 a 15 anos de prisão no artigo 33 da lei do tráfico de drogas, então é uma pena razoável que está dentro dos limites legais inclusive no Brasil”, disse a advogada.

Fonte: Foto: Arquivo pessoal, Redação O Sul

Deixe seu comentário: