Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Dnit entrega mais 8,7 quillômetros duplicados da BR-116 nesta sexta-feira - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Dnit entrega mais 8,7 quillômetros duplicados da BR-116 nesta sexta-feira

Foi liberado, nesta sexta-feira (31), mais 8,7 quilômetros de pista duplicada da BR-116, entre os os quilômetros 351,5 e 360,2, nos municípios de Sentinela do Sul e Tapes. O trecho pertence ao lote três, da empresa Ivaí, sendo o sexto segmento a entrar em operação neste ano. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), outros 83,7 quilômetros já foram abertos ao tráfego desde agosto do ano passado.

A duplicação da BR-116/RS, entre Guaíba e Pelotas, possui 211,2 quilômetros e está dividida em nove lotes. Até o momento, o valor investido na obra gira em torno dos R$ 775 milhões. Os trabalhos, que iniciaram em 2012, tinham previsão inicial de conclusão para 2015. A expectativa do Dnit é concluir toda a duplicação até o final de 2021.

A obra beneficia diretamente 12 municípios da região Sul do Estado e já há trechos em operação nas cidades de Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Turuçu, Cristal, Barra do Ribeiro, Tapes e Sentinela do Sul.

Confira os locais liberados e o andamento dos serviços nos nove lote de obra:

Em operação:

Pelotas: 19,65 quilômetros (liberados em agosto de 2019)
São Lourenço do Sul: 12,25 quilômetros (liberados em agosto de 2019)
Camaquã: 15,1 quilômetros (liberados em agosto de 2019)
Turuçu: 7,7 quilômetros (liberados em março de 2020)
São Lourenço do Sul: 5,1 quilômetros (liberados em março de 2020)
Cristal: 9,2 quilômetros (liberados em março de 2020)
Barra do Ribeiro: 5 quilômetros (liberados em abril de 2020)
Tapes/Sentinela do Sul: 9,7 quilômetros (liberados em junho 2020)

Evolução dos serviços nos nove lotes construtivos:

Lotes 01 e 02: km 300 ao km 325 (Guaíba a Barra do Ribeiro) e km 325 ao km 351 (Barra do Ribeiro a Sentinela do Sul/Tapes) – 68,5% executado
Lote 03: km 351 ao km 373 (Sentinela do Sul/Tapes) – 76,88% executado
Lote 04: km 373 ao km 397 (Sentinela do Sul/Tapes – Camaquã) – 91,18% executado
Lote 05: km 397 ao km 422 (Camaquã – Cristal) – 48,84% executado
Lote 06: km 422 ao km 448 (Cristal – São Lourenço do Sul) – 66,81% executado
Lote 07: km 448 ao km 470 (São Lourenço do Sul) – 72,95% executado
Lote 08: km 470 ao km 489 (São Lourenço do Sul –Turuçu) – 84,75% executado
Lote 09: km 489 ao km 511 (Turuçu – Pelotas) – 89,21% executado

Com informações da Ascom Dnit

 

Fonte: Blog do Juares

Deixe seu comentário: