Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Dupla é presa em operação que busca desarticular quadrilha oriunda da Zona Norte de Porto Alegre - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Dupla é presa em operação que busca desarticular quadrilha oriunda da Zona Norte de Porto Alegre

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (22), dois integrantes de uma facção que nasceu na Zona Norte de Porto Alegre e expandiu as suas atividades criminosas para diversas regiões do Estado.

A operação “Big Garden”, deflagrada pela 5ª Delegacia de Homicídios da Capital, também tem como objetivo o recolhimento de informações – uma vez que há a suspeita de que o grupo está por trás de diversos homicídios.

Segundo as autoridades, diversos membros da organização foram identificados pela investigação, que começou no bairro Vila Jardim, considerado o berço da quadrilha. Acredita-se que a hierarquia da facção tenha sido descoberta, junto da existência de 15 endereços usados como depósitos de armas, drogas e refúgio para criminosos foragidos. Cinco armas foram apreendidas, incluindo uma espingarda de origem turca.

O armamento, considerado como fruto do tráfico internacional praticado pelo grupo, era ostentado nas redes sociais. A polícia chegou a encontrar um vídeo no qual os acusados aparecem mostrando a espingarda, que costuma ser vendida no mercado clandestino por cerca de R$ 20 mil. Além de Porto Alegre, a quadrilha teria ramificações em municípios como Taquara, Parobé, Tapes, Sapucaia do Sul e Campo Bom.

Fonte: Jornal O Sul

Deixe seu comentário: