Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Guarda Municipal dispersa aglomeração de duas mil pessoas no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Guarda Municipal dispersa aglomeração de duas mil pessoas no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre

As equipes de fiscalização que percorreram as ruas de Porto Alegre na madrugada deste sábado (12) tiveram de intervir em uma grande aglomeração no bairro Moinhos de Vento.

Segundo a Guarda Municipal, pelo menos 2 mil pessoas desrespeitavam as regras de distanciamento na região – e foram flagradas, sem máscaras, enquanto consumiam bebidas alcoólicas em via pública.

“O problema foi registrado na rua Padre Chagas e nos arredores, como na rua Luciana de Abreu. Apesar disso, todos os estabelecimentos comerciais que fiscalizamos estavam cumprindo os protocolos. Esta concentração de pessoas foi espontânea, não havia nenhuma festa ou evento acontecendo na região”, relata o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento.

Os envolvidos na aglomeração foram abordados por volta das 2h, e orientados a voltar para casa. Esta foi a ocorrência mais grave registrada pela fiscalização nas últimas semanas. Outro ponto que demandou a atenção da força-tarefa foi a rua Fernando Machado, no Centro Histórico. Entretanto, por lá, a número de pessoas abordadas pelos agentes foi consideravelmente menor.

Fonte: Jornal O Sul

Deixe seu comentário: