Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Oposição usa redes sociais para contestar frase de Bolsonaro sobre mortes por Covid-19 - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Oposição usa redes sociais para contestar frase de Bolsonaro sobre mortes por Covid-19

A frase dita pelo presidente Jair Messias Bolsonaro ontem na saída do Palácio do Planalto sobre as mortes pela Covid-19 que passaram os 5 mil e ultrapassaram os óbitos na China gerou repercussão negativa na oposição e nenhuma reação entre alguns dos seus apoiadores. Na terça-feira, quando questionado sobre a marca de 5 mil mortes causadas pela doença, o presidente Bolsonaro disse: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre”.

O líder da oposição no senado Randolfe Oliveira (Rede/AP) questionou os motivos do presidente seguir no cargo se não se preocupa com a saúde da população.

Randolfe Rodrigues

@randolfeap

“E daí?” foi a resposta de Bolsonaro p/ o recorde de mortes no país por covid-19. Se tanto faz p/ Bolsonaro quantas pessoas morrem por dia no país, se ele mancha suas mãos c/ o sangue dessas pessoas e se orgulha disso, pra que Bolsonaro deve continuar na presidência?

794 people are talking about this

Integrante do consórcio de governadores do Nordeste e chefe do Executivo do Maranhão, Flávio Dino, destacou que a população brasileira não precisa de “milagres” do presidente, mas “que ele assuma seus deveres diante de uma gravíssima pandemia”.

Flávio Dino ??

@FlavioDino

Pedir a Bolsonaro para realmente governar é pedir um milagre ? Não queremos “milagres”, queremos apenas que ele pare de criar confusão política e de minimizar mortes e tragédias. Ou seja, queremos apenas que ele assuma os seus deveres diante de uma gravíssima pandemia nacional.

2,953 people are talking about this

A candidata à presidência na eleição de 2018 Marina Silva (Rede/AC) considerou o desdém com o número de pessoas que morreram pela doença como “notória evidência de insanidade”.

Marina Silva

@MarinaSilva

Quando o presidente diz “e daí” pra mais de 5 mil mortos, sendo 474 nas últimas 24 h, ao som de risadas de deboche de seus apoiadores, ou é um atestado por notória evidência de insanidade, ou é uma prova candente de falta de caráter e qualquer vestígio de sensibilidade.

16.6K people are talking about this

O também candidato derrotado Guilherme Boulos (Psol/SP) afirmou que a saída de Bolsonaro da presidência é “questão de humanidade”.

Guilherme Boulos

@GuilhermeBoulos

Perguntado sobre o recorde de mortes no Brasil pela Covid-19, com 474 óbitos hoje, Bolsonaro respondeu: “E DAÍ?”!!! Esse canalha aloprado tem que sair já da presidência. Seja por cassação da chapa, impeachment, denúncia-crime no STF… É uma questão de humanidade!

822 people are talking about this

A ex-apoiadora e hoje adversária política da família Bolsonaro, Joice Hasselmann (PSL/SP) também citou falta de “humanidade” na colocação do presidente e também de “amor”

Joice Hasselmann

@joicehasselmann

O BR tem 5.485 mortes por Coronavírus. São 474 brasileiros mortos nas últimas 24 horas. Questionado, @jairbolsonaro respondeu: “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Sou Messias, mas não faço milagres”. E daí Presidente? É MUITA FALTA DE HUMANIDADE E DE AMOR PELOS BRASILEIROS.

3,850 people are talking about this

O ex-presidente e uma das lideranças do Partido dos Trabalhadores, Lula, afirmou que é o momento de discutir mudança no governo. “Ele não cuida da pandemia, não cuida da economia e não cuida do povo”, escreveu.

Lula

@LulaOficial

Essa falta de respeito do Bolsonaro às vítimas do coronavírus e aos seus familiares mostra o quanto precisamos discutir a mudança desse governo. É grave. Ele não cuida da pandemia, não cuida da economia e não cuida do povo.

Fonte: Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil / CP Memória, Correio do Povo

Deixe seu comentário: