Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Polícia Federal combate o tráfico de ecstasy no Rio Grande do Sul e em mais 12 Estados - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Polícia Federal combate o tráfico de ecstasy no Rio Grande do Sul e em mais 12 Estados

A PF (Polícia Federal) deflagrou, nesta quinta-feira (25), a Operação Insônia para combater o tráfico interestadual de ecstasy em 13 Estados. No Rio Grande do Sul, a ofensiva ocorreu em Rio Grande, no Litoral Sul.

Houve o cumprimento de 48 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão. As ordens judicias foram expedidas pela Vara de Entorpecentes de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, após manifestação favorável por parte do Ministério Público.

As investigações duraram cinco meses. Os policiais federais identificaram uma organização criminosa que enviou mais de 500 encomendas postais da droga sintética. A venda do entorpecente acontecia por meio de aplicativos de mensagens. Para esconder o narcotráfico, os traficantes utilizavam nomes de empresas de fachada, com suposta atuação em e-commerce de bijuterias e de suplementos alimentares.

Além do RS, a operação Insônia ocorreu na Paraíba, Santa Catarina, Paraná, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia e Mato Grosso do Sul.

Fonte: Foto: Polícia Federal/Divulgação, Redação O Sul

Deixe seu comentário: