Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

RS terá quarta ensolarada com agravamento da estiagem - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 998045144

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: Programa ao Pé da Letra

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube da Saudade

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

RS terá quarta ensolarada com agravamento da estiagem

A quarta-feira será mais um dia de tempo ensolarado com amplos períodos de céu claro na maior parte do Rio Grande do Sul. Com o território gaúcho sob influência de uma área de alta pressão atmosférica, o tempo segue firme.

O ar muito seco, que traz umidade relativa do ar bastante baixa à tarde em diversas localidades, favorece grande amplitude térmica com marcas amenas cedo e calor durante o período da tarde. Na Serra e nos Aparados, o frio marca presença durante a madrugada e o começo da manhã, rapidamente aquecendo, contudo.

As mínimas caem para um dígito e podem registrar 8ºC em São José dos Ausentes e 11ºC em Vacaria. As máximas, por sua vez, devem atingir 33ºC em Livramento e 35ºC em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros se alternam entre 16ºC e 33ºC.

No que resta desta semana, a tendência é de chuva extremamente escassa no Rio Grande do Sul. Dados indicam a possibilidade de precipitação excepcionalmente isolada no território gaúcho, notadamente perto da costa no Litoral Norte e no Oeste gaúcho. Com volumes muito baixos e em pouquíssimos locais. Nada que interfira no quadro de estiagem que já levou mais de 200 municípios do Estado à situação de emergência pela seca.

 

 

 

Fonte: Foto: Betina Carcuchinski/ PMPA / Divulgação CP, MetSul, Correio do Povo

Deixe seu comentário: