Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Secretaria da Agricultura reforça alerta sobre golpes contra produtores rurais gaúchos - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Secretaria da Agricultura reforça alerta sobre golpes contra produtores rurais gaúchos

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do RS fez um novo alerta a prefeituras e produtores rurais sobre a ação de golpistas que, dizendo-se representantes do governo do Estado, oferecem diferentes produtos e serviços em troca de depósito de valores, a título de frete ou custo de combustível.

Nos últimos dias, novos golpes foram registrados nos municípios de Porto Vera Cruz, Catuípe, Bozano, Coronel Pilar, Nova Esperança do Sul, Segredo, Novo Xingu e Santo Antônio de Palma.

“Vale o alerta de que os convênios com o Estado nunca envolvem depósitos para pessoas físicas. Qualquer dúvida, é melhor procurar a Secretaria da Agricultura”, informou o governo.

Programas e políticas públicas são feitos por meio de convênios e termos de cooperação, cujos depósitos de valores, quando necessários, são efetuados em contas do Estado no Banrisul.

A Secretaria da Agricultura orienta ainda que, se alguém for contatado nesse sentido, registre boletim de ocorrência na delegacia de polícia mais próxima. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (51) 3228-6203.

Fonte: Foto: Fernando Dias/Seapdr, Redação O Sul

Deixe seu comentário: