Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Secretaria da Agricultura suspende aplicação do herbicida 2.4-D até o fim do ano - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

Secretaria da Agricultura suspende aplicação do herbicida 2.4-D até o fim do ano

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural confirmou, nesta terça-feira, a suspensão da utilização do herbicida 2,4-D nas lavouras do Rio Grande do Sul até o dia 31 de dezembro. O químico, utilizado pelos sojicultores, estaria causando prejuízos em produções de frutas como uvas, azeitonas e maçãs, especialmente nas regiões da Campanha, fronteira Oeste, Central e Campos de Cima da Serra.

A proibição do herbicida foi avalizada pelo secretário da Agricultura, Covatti Filho, após reunião realizada, pela manhã, com técnicos do Grupo de Trabalho do 2.4-D. Nesta quarta-feira, será publicada no Diário Oficial do Estado uma instrução normativa decretando a proibição do 2.4-D.

A medida pode ser prorrogada pelo governo. No encontro, foram apresentados novos estudos.  Das 143 amostras coletadas em 41 municípios gaúchos, 132 deram positivo para presença do agrotóxico.

Na semana passada, o Ministério Público recomendou que o governo determinasse a suspensão da aplicação do agroquímico enquanto durar a greve dos fiscais agropecuários, iniciada na terça passada. Na soja, o 2.4-D é usado para controlar plantas daninhas e invasoras e para aumentar a eficiência de outros herbicidas. Porém, o produto se espalha e destrói culturas mais sensíveis.

Fonte:Correio do Povo

Deixe seu comentário: