Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

TRAGÉDIA: Homem atira no próprio filho e comete suicídio em Sentinela do Sul - Rádio São José do Patrocínio

Fale conosco via Whatsapp: +55 51 996015863

No comando: Quarta-feira será de sol e calor na maior parte do RS

Das às

No comando: Madrugada São José

Das 00:00 às 06:00

No comando: Bombeando a cara do dia

Das 06:00 às 07:50

No comando: Festival da Trinca

Das 07:00 às 12:30

No comando: Correspondente Rede Guaíba Sat

Das 07:50 às 08:00

No comando: Show da Manhã

Das 08:00 às 12:00

No comando: Balcão de Negócios

Das 12:00 às 12:30

No comando: Momento Nativo

Das 12:30 às 13:00

No comando: ARCO DA VELHA

Das 13:00 às 14:00

No comando: Clube do Ouvinte

Das 14:00 às 17:00

No comando: Minha terra é assim

Das 17:00 às 19:00

TRAGÉDIA: Homem atira no próprio filho e comete suicídio em Sentinela do Sul

Na tarde desta terça-feira, 2 de novembro, um caso de polícia chocou uma comunidade no interior de Sentinela do Sul. Um homem atirou contra o próprio filho e depois, cometeu suicídio.

De acordo com o portal ClicR, a tragédia familiar ocorreu na pequena comunidade de Potreiro Grande, no interior de Sentinela do Sul, durante a última tarde, no feriado de Finados.

Após um desentendimento com seu filho, o pai Luis Carlos dos Santos sacou um revólver calibre 38 e disparou contra o rosto do rapaz.

O filho foi identificado como Cleomar Cesar Sutil dos Santos, conhecido na comunidade como “Cesinha”.

Na sequência, o homem cometeu suicídio.

Uma equipe de saúde com ambulância foi acionada e atendeu Cesinha, conduzindo-o ao Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), de Camaquã, onde o mesmo foi medicado.

As últimas informações é de que seu estado de saúde é estável e não corre risco de morte.

Os atos fúnebres de Luis Carlos ocorrem na capela mortuária de Tapes, a partir das 15 horas desta quarta-feira (03/11).

O sepultamento acontece às 17 horas no Cemitério Municipal de Tapes.

Brigada Militar e a Polícia Civil atenderam a ocorrência e estiveram no local do crime realizando os procedimentos.

Fonte: Elias Bielaski, Clic Camaquã

Deixe seu comentário: